UOL Estilo Grupos de Discussão

27/11/2008

Reflexão sobre Moda

Reflexão sobre Moda

 

Gente, mil desculpas por ter sumido. Semana passada teve o Pense Moda (aqui), evento idealizado e produzido por três super amigos meus (Babu Bicudo, Cami Yahn e Marcelo Jabur) e acabei nem escrevendo nada aqui por pura falta de tempo. Sorry. Fora que durante o evento acabei só vendo duas palestras e meia porque estava cuidando do supermegahiper stylist Nicola Formichetti (clique aqui pra ver o blog dele) e do fervido fotógrafo Mariano Vivanco (aqui).

 

Os dois foram convidados pra dar palestras no Pense Moda e aproveitaram a vinda à São Paulo pra fotografar um editorial pra Dazed & Confused (aqui) e eu tive o prazer de produzir algumas marcas brasileiras pra essa matéria. A idéia era que fosse um editorial de moda masculina com looks das últimas coleções. As roupas e assistentes do Nicola (Anna e Sam) vieram de Londres (tinha tipo Dior, Kenzo, Armani, Galiano, Burberry - só as finas...), só que na última hora entrou a (cada vez mais linda) Ana Claudia Michels então acabei produzi novos estilistas + beachwear (a pedido do Nicola) para vesti-la, fora algumas peças de carnaval (cabeças, braceletes e afins) para complementar a matéria.

 

O mais legal de tudo foi poder acompanhar a foto e ver o Nicola em ação (ainda mais pra mim que trabalho com isso e sou super fã do trabalho dele!). Depois de um dia intenso de trabalho no feriado, acabei tirando algumas conclusões:

 

- Na palestra do Nicola ele disse que as revistas servem para experimentarmos novas idéias e vontades e tudo bem se essas não funcionam sempre. Foi exatamente isso que senti durante a foto da Dazed. Os looks eram montados ali na hora, sem grandes dramas (o Sam esqueceu a parte de cima de um look que tinha que ser fotografado e o Nicola nem piscou...) e sempre em parceria com o fotógrafo (tipo ah, vamos fazer uma foto com um menino sem camisa e a Ana de vestido), algo que eu acho SUPER importante e tento sempre fazer quando fotografo um editorial.

 

- Pensei também no que foi dito na palestra dos stylists, fotógrafos e editores (que só vi o finalzinho) que se não me engano quem puxou a conversa foi o Alcino Leite Neto, editor de moda da Folha de SP, de que tudo que é produzido aqui é muito tratado e cuidado (estética- e fotograficamente). Nada mais é deixado ao acaso, a inspirações e insights momentâneos. E acompanhando o editorial da Dazed que percebi essa enorme diferença. Lá, tudo estava aberto ao acaso, à experimentação e aqui infelizmente não trabalhamos dessa maneira. Temos pouquíssimas revistas e estas têm menos verba ainda, conseqüentemente estas não se podem dar ao luxo de tentar uma coisa e depois não rolar, preferindo apostar no certo por medo de ter que refazer tudo e não ter tempo, nem grana (se tivessemos mais revistas também seria mais fácil, não?)...

 

Assim acabamos entrando nesse circulo vicioso de que não podemos fazer trabalhos inesperados, mas se não os fazemos em revistas, onde vamos fazer?? Fora que se não tentarmos uma coisa, como vamos saber se ela funciona ou não? Acho ótima a iniciativa de blogs que publicam editoriais (como o Moda Sem Frescura, Descolex e Hypercool), é um começo pequeno, mas fundamental. 

 

Engraçado que estava falando sobre isso com o Ricardo Oliveros (aqui), que eu não sei se tenho paciência pra ver o mercado de moda brasileira amadurecer para termos mais revistas, trabalhos mais criativo, menos influências do que é feito lá fora e mais confiança nessa nova geração de stylist na qual eu me incluo (junto com Heleno Jr, Lelê Toniazzo, Thais Mol, entre outros). Disse pra ele que às vezes tinha vontade de mudar de profissão por causa disso e ele me deu uma resposta ótima: "se gente boa desiste da profissão quem acaba ganhando são os truqueiros porque ai não tem-se um outro parâmetro, entende?". Pois é. O Paulo Borges já tinha falado sobre isso na primeira edição do Pense: precisamos todos ter paciência que de pouquinho em pouquinho vamos pra frente. Agora resta ver se eu, capricorniana ansiosa, tenho essa paciência toda... Espero que sim =)

 

Ah, e o editorial é pra edição de janeiro da revista. As fotos ficaram lindas, lindas e posto elas aqui sem falta!

 

Dai também tinha feito vários filmes fofos do Nicola falando, mas o meu computador deu um supermegahiperpau e pelo que tudo indica acho que perdi tudo. SACO. Vide também a falta de posts. Tenho que resolver essa situação o quanto antes...

Por AGENDA

17/11/2008

Cidade Cinza

Cidade Cinza

 

Santa Cecília e o Cemitério da Consolação lá de cima

 

Por POR AÍ

16/11/2008

Como Usar: Rendas

Como Usar: Rendas

Na temporada passada gringa teve o super comentado desfile da Prada que mostrou pencas de rendas. Elas já viraram febre lá fora e agora estão chegando por aqui.

Como a renda foi associada durante muito tempo a roupas de festa e vestidos de noiva, ela acabou ficando (infelizmente) com aquele estigma de look de senhora. A versão mostrada pela Prada mostra a renda de uma nova maneira, bem mais jovem, colorida e como opção para looks de dia.

Pra mim, a melhor dica pra usar a renda no dia-a-dia e combiná-la com peças mais contemporâneas como uma calça jeans, uma saia de cintura alta ou mesmo uma bermuda bacana. Já pra noite, acho que tem que arrasar na transparência (se o corpo permitir, é claro!).

Quem ficou com vontade de adquirir, fotografei alguns modelos bacanas para um álbum de consumo do UOL Estilo (aqui).

Seguem algumas imagens de referência pra ajudar quem quer adaptar essa tendência pro dia-a-dia:

Onde tudo começou: Camisas beges do desfile da Prada, look total de renda usado com meia-calça da Collette Dinnigan, micro-vestido com capa da Chanel, blusa e saia de babados e renda da Givenchy (AMO essa coleção) e vestido dramático de Alexander McQueen, todos dos desfiles de outono/inverno 2008 de Paris.

fotos Style

Celebridades: Marisa Tomei com vestido da Prada, Victoria Beckham com vestido rodado de renda e absurdos scarpins do Christian Louboutin, Jessica Alba com vestido rendado e cintura marcada por laço, Katie Holmes de macacão com detalhe de renda na estréia de sua peça na Broadway, Hayden Panettiere com infeliz blusa branca e vestido do catálogo da Nem.

fotos Jezebel e People

No Brasil: Sutiã rendado da Eliza Conde, vestido de babados com detalhe no colo de Victor Dzenk, palha de seda com cara de renda de Reinaldo Lourenço, macacão de renda renascença da Maria Bonita, pink sob vestido de Graça Ottoni e decorando o vestido de algodão da Têca.

fotos Alê Schneider/UOL Estilo

 

E vocês já sabem né? Quem ficou com alguma dúvida de como usar essa tendência basta comentar abaixo que respondo sem falta!

 

Por TENDÊNCIAS

15/11/2008

Comidinhas

Comidinhas

Fui almoçar no Sal (aqui) hoje, aquele restaurante que fica de frente pra Galeria Vermelho. Fazia tempo que não ia e adorei a comida. Fiquei super impressionada com a cor das ovas da deliciosa entrada com atum, wassabi e laranjas. Recomendo a todos.

Sal: Rua Minas Gerais, 350, Higienópolis, tel. 3151-3085.

Ah, só vale ligar antes pra ver se está aberto pois o lugar tem horários de abertura diferentes!

Por TENDÊNCIAS

14/11/2008

oh! na Simples

Finalmente vi a Simples que tem uma foto minha... É a edição de aniversário da revista, aquela que é numerada, e na verdade a foto faz parte de um editorial que era um troca-troca de stylists: eu vesti a linda Lara Gerin e o Fabrício Maia me vestiu (vide a foto ao lado, eu e Arthur pagando de modelo...). A idéia era que cada um só poderia usar peças do guarda-roupa pessoal de casa stylist, não valendo o acervo. Eu estou de vestido Maria Bonita Extra e sapato que a Melissa Depeyre me deu de sua marca, a Depeyre (ah, eu tinha falado que a marca era extinta mas estava bem louca da cabeça! Extinta coisa nenhuma, a Depeyre é vendida na OUI (R. Cristiano Viana, 119) e a Mel me falou que está cheio de novidades femininas e masculinas!). Divertido.

Ah, e pra quem ficou curioso da foto da Lara, clique aqui para vê-la.

 

 

Por AGENDA

10/11/2008

Haja Paciência!

Haja Paciência!

Adorei que a Art + Commerce lançou um quebra-cabeça com uma foto do Steven Meisel. Ao todo são 1’000 exemplares e a imagem em questão é do belíssimo editorial que ele fotografou pra Vogue Itália chamado “Patterns” (estampas). O quebra-cabeça tem 1000 peças, custa U$ 750 e é assinado pelo próprio. Chique.

Para encomendar o seu (rica!), clique aqui.

E pra quem não conheçe a Art + Commerce, é uma agência que representa alguns dos melhores e mais renomados fotógrafos (Craig McDean, Hedi Slimane, Sølve Sundsbø), stylists (Edward Enninful, Camilla Nickerson) e maquiadores (Gucci Westman).

Clique aqui para saber mais.

 

Por POR AÍ

Como Usar: Cintura Alta

Como Usar: Cintura Alta

Acabou de subir um album de consumo (aqui) mostrando alguns exemplos de peças que tem a cintura no lugar ou até um pouco mais alta. Depois de anos de calças e saias que mostravam o umbigo, finalmente a cintura alta voltou a ter um lugarzinho na moda.

Bermuda branca Amapô, estampada Neon, vermelha Cori,

tipo pijama Vide Bula e pantalona Eliza Conde

 

 

A calça de cintura alta foi vista bastante em desfiles no Rio e em São Paulo e parece ser muito mais complicadada de vestir do que é. A forma mais simples de usar essa tendência é a pantalona, com a perna e boca mais larga e comprida, super chique para as noites (e até dias) de verão. O ideal é o cós da pantalona ficar na cintura mesmo, marcado com um cinto fininho, combinada com um top ou regata mais justinha por dentro da calça e pra fechar o look uma sandália de salto bacana. Se a parte de baixo estiver toda larguinha, dá aquela alongada! Um look incrível pra todos os biotipos =)

Saia de tricot da Coven, plissada Maria Garcia, balonê Ellus,

estampada Patricia Vieira e floral Têca

 

 

Outra opção incrível são as saias de cintura alta. Essas podem ser combinadas com camisas pro ambiente de trabalho ou regatas e blusinhas pra outras ocasiões. Só uma dica: cuidado com o comprimento (ou a falta de) da saia... Pode ficar super chato usar uma peça curta demais! O modelo acima da Patricia Vieira tem o comprimento ideal para o trabalho, fora que também pode ser usada pra noite. Outra dica é marcar a cintura com um cinto que deixa o corpo mais feminino e ainda por cima da um acabamento no look!

Espero que tenha ajudado e se ficou alguma dúvidazinha é só comentar abaixo que respondo =)

fotos Alê Schneider/UOL Estilo

Por TENDÊNCIAS

07/11/2008

Paz & Amor

Paz & Amor

               

Pra mim, a banda que faz os melhores videoclipes de todos é o Sigur Ros. O bom-gosto deles é impressionante. O clipe acima chama Gobbledigook (eles são da Islândia, vide os nomes estranhos!) e foi inspirado por e feito em colaboração com ninguém menos que o incrível fotógrafo Ryan McGinley (pra quem não conhece o trabalho, clique aqui).

Esse clipe inclusive pode ser visto na programação de vídeos da Beinal, na parte que tem a boa curadoria do Nöos (saiba mais aqui).

Clique aqui pra ver o lindo site da banda e aqui pra ver mais clipes do Sigur Ros no Vimeo (que é mil vezes melhor que o YouTube...).

OBS: queria eu estar naquele lugar lindo do clipe, vestida, claro =)

 

 

Por VÍDEO

06/11/2008

Não faz a Deprimida...

Não faz a Deprimida...

E a Sienna Miller pagando de loucona no novo clipe do The Hours? O clipe foi dirigido pelo Tony Kaye com co-direção do Damien Hirst, aquele que vendeu suas obras em um leilão da Sotheby’s e arrecadou £95.7 milhões (algo em torno de R$ 332 MILHÕES) em dois dias (rico). A música chama "See the Light" e segundo o vocalista Ant Genn, “é uma música sobre a batalha, o vício, o medo e a escuridão”. Drama. Ah, e repararam que a loja do começo é a Prada? Chique. E mesmo enrolada em uma roupinha de hospital toda descabelada, Sienna continua linda.

 

Por VÍDEO

05/11/2008

Versão Brasileira?

Versão Brasileira?

Estava vendo o Fashionista (aqui) que é um blog que eu adoro e vi um post falando sobre uma cópia de uma sandália do Alaia (aqui). Fiquei pensado que eu já tinha visto um modelo parecido, daí caiu a minha ficha: no editorial dos macacões da Quem (dois posts abaixo), usei uma sandália da Arezzo igualzinha... Vejam as imagens:

 

A de verniz da esquerda é uma cópia gringa de uma marca chamada Oh Deer!, a do meio é o original do Alaia e o da direita é a da Arezzo... Depois de tanto assunto que isso já rendeu achei que ficaria cada vez mais difícil de encontrar cópias tão descarada assim. Faz um tempinho a Veja me entrevistou e falei exatamente isso. E como eu estava errada! Mancada minha também de ter usado o modelo no editorial, mas só agora descobri que era cópia... Ups.

 

Por POR AÍ

Underwear

Underwear

Quem é fina de verdade não tem o menor problema em pagar um micão: a belíssima Heidi Klum imitando o Tom Cruise em Negócio Arriscado no novo filme do game Guitar Hero.

Bem engraçado!

 

Por VÍDEO

De Corpo Inteiro

De Corpo Inteiro

Finalmente saiu o editorial de macacões da revista Quem que eu fiz o styling. Engraçado que essa peça bombou tanto, mas tanto – já falei dela aqui (25/06) e aqui (26/08) –  que não a suporto mais (rs), mas AMO esse editorial. Adoro que pra mim o editorial tem tem uma leveza e sensualidade. As belas fotos são do querido Rodrigo Marques (aqui), o lindo make & cabelo é do JR Castro e a modelo é a Lary da Ford (aqui) que indico a todos.

Macaquinho preto Les Lis Blanc (R$ 499,50) e de cetim laranja D’Arouche (R$ 520)

De seda estampada da Osklen (R$ 2’347) e de jeans Huis Clos (R$ 1’023)

De jeans com strech da John, John (R$ 670) e cetim de florzinha da Ka (R$ 980)

 

Por TENDÊNCIAS

04/11/2008

Preparativos pro Final do Ano

Preparativos pro Final do Ano

 

Amanhã começa a venda especial da Lita Mortari com descontos de até 80%.

To dando a dica porque na Lita sempre tem boas opções de looks mais arrumados, ideais para essa época de final de ano com pencas de eventos familiares.

A dica vale também pra quem quiser adiantar as compras natalinas e economizar um pouquinho =)

 

 

 

 

 

 

Por AGENDA
blog Oh!

28 anos, jornalista
de moda e stylist




Envie sua dica para blogoh@uol.com.br

ÚLTIMOS POSTS


Add to Technorati Favorites